Construir um casamento à prova de divórcio com base nos princípios bíblicos

Casamento à prova de divórcio com base na BíbliaDivórcio. O que é que a palavra lhe traz ao pensamento? Será que você olha para o passado de forma amarga e sente arrependimento de um casamento que terminou em divórcio? Talvez pense nos seus pais e no impacto que o divórcio deles teve em si? Ou talvez pense na gratidão que sente em relação a eles por terem continuado juntos. Talvez se sinta determinado a não deixar que isso lhe aconteça a si.

Quando eu penso em divórcio sou imediatamente transportado para a situação dos meus pais. Eles separaram-se várias vezes quando eu era novo, mas quando eles anunciaram o divórcio eu fiquei devastado. Como é que um pré-adolescente deve reagir ao saber isto? Especialmente quando ambos os progenitores se diziam Cristãos e seguidores da Bíblia? Eu sabia que a Bíblia não apelava ao divórcio. De facto, Deus refere mesmo que o odeia: Malaquias 2:16.

A minha mãe teve de criar 6 filhos sozinha. O meu pai pagou sempre a pensão alimentícia. E também passava algum tempo connosco, uma vez por semana ou cada duas semanas. Mas foi a minha mãe que teve de fazer tudo sozinha. A ausência de uma figura masculina teve um impacto muito forte a minha vida.

Só recentemente, aos 30 anos de idade, é que eu dei início ao processo de reconciliação com o meu pai. Foram muitos anos de ressentimento.

Como é que se constrói um casamento à prova de divórcio numa sociedade onde metade dos casamentos, religiosos e civis, terminam em divórcio?

Casamento à prova de divórcio

Quer saber o segredo para construir um casamento duradouro e que desafie a cultura material que nos rodeia atualmente? Muito bem, aqui vai:

Comprometa-se a fazê-lo durar

Sim, é esse o grande segredo. Se você quer construir um casamento bem-sucedido e que dure toda a vida o mais importante é estabelecer um compromisso formal com o seu companheiro e não assumir o divórcio como uma opção. E não parta do princípio que o seu companheiro vai concordar com isso, se esse assunto nunca foi discutido. De facto, se ainda não o fez, vá faze-lo agora. Eu espero até você voltar.

Feito? Ótimo, vamos continuar…

Eu e a minha mulher fizemos este pacto mesmo antes de nos casarmos. Na realidade nós fomos ainda mais longe. Nós concordámos que a “palavra D” nunca seria utilizada, a não ser em situações exteriores ao nosso casamento. Porquê? Bem, eu já vi esta palavra a ser utilizada como uma arma psicológica em alguns casamentos. E esta é uma forma horrível de tentar controlar alguém dentro de um casamento.

Não peça o divórcio

Está a discutir com o seu parceiro? É muito fácil dizer algo como: “Se te sentes assim talvez devas pedir o divórcio!”

Um conselho: Nunca o faça. Nunca.

As palavras têm um poder incrível. Elas provocam mais destruição do que uma ogiva nuclear. Utilizar o divórcio como uma ameaça contra o seu companheiro não é aceitável. Se você fez isso alguma vez deve pedir perdão a Deus e ao seu companheiro, se ainda não o fez. Estou a falar a sério.

Construir um Casamento Próspero

Ninguém quer estar preso a um casamento sem solução, sem vida e sem alegria para toda a vida. E esse não é certamente o desejo de Deus para si e para o seu companheiro. Ele quer para si um casamento forte e devote, que reflita o amor que Ele sente por nós. Os casamentos bem-sucedidos não acontecem por acaso, eles requerem esforço e TLC. Deixamos aqui algumas dicas para construir um casamento profundamente gratificante e próspero:

Desenvolvam o Hábito de Procurar Deus em Conjunto

Uma das melhores formas de construir um casamento forte é passar algum tempo a procurar Deus enquanto casal. Frequentar o culto, rezar e estudar a bíblia em conjunto pode ajudar a criar um nível de intimidade emocional muito forte na vossa relação. Faça disso um hábito frequente.

Aceitem a Vontade de Deus em Relação ao Vosso Casamento

Deus quer que você e o seu companheiro cumpram uma missão. Esta é a mesma missão que ele colocou à Igreja enquanto coletividade e a cada Cristão enquanto individuo. O desejo de Deus é que o seu casamento carregue com ele a palavra de Cristo através do evangelismo e do discipulado. Você nunca vai experienciar um casamento que o realize se não abraçar este princípio.

Leve uma Vida Caracterizada pela Humildade e pelo Arrependimento

Deus ama os corações humildes. Aprenda a viver de forma humilde, servindo as necessidades do seu companheiro e das outras pessoas. O arrependimento é a chave para a cura, liberta-nos da escravidão espiritual.

Watch Full Movie Online Streaming Online and Download

Samir licenciou-se em Teologia na Universidad Pontificia de Comillas, é um especialista em como a religião pode afetar as questões da sexualidade e dos relacionamentos. Tem diversas qualificações em Teologia e é um especialista em como o sexo tem sido tratado por todas as religiões do mundo.

Publicado em Casamento

Deixe uma resposta